quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Eliminações

Uma coisa que não concordo que acontece no Agility nacional, apesar de ser completamente iniciante no esporte, é o fato de que quando uma dupla é eliminada por fazer um obstáculo fora de ordem, ela tem que sair da pista.

Vamos olhar isso do ponto de vista da aprendizagem.
Se o cachorro de vocês tem metade do interesse que a Léia tem pelo agility, já é muito. Fazer agility pra ela é a melhor coisa do mundo, quer deixar a Léia louca? Diga: "Vamos brincar" que é o nosso código para vamos fazer agility.
O agility, para muitos cachorros, é recompensante por si só. Isso acontece porque, se treinado direito, você trasnfere o valor da recompensa (Petisco, brinquedo, etc...) para o equipamento de agilty, então o cachorro vê um túnel, ele não vê um túnel, ele vê uma grande opotunidade de fazer algo que vai le render uma salsicha ou um jogo de cabo de guerra.

Então, voltando ao tópico principal que é a obrigatoriedade de sair da pista quando você é eliminado.
O seu cachorro só erra em duas situações:

1. Falta de treino
Seu cachorro não entende ainda o seus sistema de condução, sua linguagem corporal, o comando utilizado. Muito provavelmente por falta de generalização, ou seja, treinar em vários lugares diferentes ou com diferentes distrações. Tá certo que o seu cachorro sabe fazer o Slalon, mas se tiver um túnel do lado, e ele for um daqueles cachorros maniácos por túnel, e você gritar "slalon!!" será que ele vai fazer o slalon mesmo?
Já vi muita gente dizendo que o cachorro vai pro obstáculo errado "pra me sacanerar, ele tá de onda porque ele sabe o que significa slalon"
Será mesmo?
Será que o simples fato dele escolher o tunel ao slalon não diz muito sobre o quando o cachorro sabe?
Temos sempre que manter em mente que cachorros são cachorros. Eles não fazem nada para zuar o dono pois não ganham nada com isso. Eles fazem o que aprenderam ou não e pronto.

2. Comando errado
Outra situação que vejo muito em vídeos que fazem o cachorro ir para o obstáculo errado é erro por parte do condutor. As vezes um pequeno desvio dos seus ombros, um movimento, um posicionamento errado ou até mesmo um olhar é suficiente para mudar a direção do cachorro.
Acontece muito e vou até colocar um vídeo para exemplificar:



No vídeo a condutora erra o primeiro front cross dela e ao tentar corrigir faz o cachorro errar todos os outros obstáculos seguintes. É um vídeo lindo.

Para grande maioria dos cachorros, e eu espero que seja assim com todos os cães que praticam aAgility, parar de fazer o agility é uma punição. Quando estou treinando sequências com a Léia e ela sai do Fica sem o comando, eu paro de correr com ela e fico um tempo assim. Isso é uma punição para ela, pois ela adora fazer agility.

Agora, quão justo é com o seu cachorro você punir ele em uma prova ou porque ele não entende o que tem que fazer ou porque ele fez exatamente o que você mandou?
Você corre o risco de frustrar seu cachorro, deixá-lo estressado ou de simplesmente ensinar para ele ignorar sua linguagem corporal, tendo um cachorro inconsistente devido a sua própria inconsitência.

Não é bom pro treino do cachorro, não é bom pra relação cão-condutor.

Me irrito quando vejo vídeos do mundial em que alguem é eliminado mas continua fazendo a pista e todo mundo começa a bater palmas, botando pressão para a pessoa sair de pista.

Temos que lembrar sempre que agility não é só sobre ganhar ou perder, não é só sobre as curvas abertas e contatos pulados, é sobre ter uma relação saudável com seu cão, sobre se divertir e aprender.

Terminar a pista, ao meu ver, é um direito de cada pessoa inscrita em uma prova e uma obrigação do condutor para com o cão.

7 comentários:

Taz2 (e MDC 4ever) disse...

Mas eu entendo a organização do evento também.

Tempo sempre é um problema, independente do evento. Retirar um cachorro eliminado da pista economiza tempo, muito, pois ao saber que foi eliminado, quer queira quer não, o treinador deixa o foco da velocidade de lado e muda sua atenção para o cachorro terminar o trajeto perfeitamente e feliz, logo, vai demorar mais ainda!

E isso é complikdo pra organização! Não que n concorde com vc, acho q vc tem mais do que razão, mas entendo o lado deles tb XP!

Lady Violet disse...

Mas teoricamente o evento já deveria contar com esse tempo que cada pessoas leva para terminar a pista, no agility Tai tem um tempo maximo de percurso que se vc estourar vc eh eliminado, pra mim esse tempo que deveria ser contado quando se organiza quantas incrições pode ter em um evento e tals... e ai se a pessoas estourou esse tempo, ae sim, que vá treinar mais e deixe de enrolar na pista xD

Carol E. disse...

Concordo totalmente com você! Tanto é que sempre tento fazer parecer pra Patty que só acabamos o exercício e não que fomos eliminadas. Saio festejando e mando ela em alguns obstáculos que estão no caminho da saída para tentar tirar um pouco do peso dessa punição.

Mas não dá pra esquecer o peso da organização do evento. Não, por enquanto. Não há como limitar o número de inscrições para uma prova de agility, seria cortar a diversão pra boa parte das pessoas, cortar o lucro que mantém o agility no país (e ajuda a levar nossa equipe aos mundiais) e diminuir ainda mais a prática do esporte (não que o nosso modelo seja favorável a prática...). Assim também, não dá pra fazer como nos EUA onde várias provas acontecem simultaneamente, o número de participantes não é grande o suficiente, nem o lucro, nem o número de pessoas dispostas a trabalhar gratuitamente pra organizar um evento desse nível.

O mais legal seria acharmos uma forma de ser como os EUA mesmo, com várias provas que priorizem a diversão e não a competição como acontece aqui, já que este é um dos fatores que mais afasta pessoas do esporte.

Let's see...

Taz2 (e MDC 4ever) disse...

Even though Luzia, o tempo d um evento nunca é só = somatória de "Tempo dos fatores que envolve o evento" pelo contrário, o que gasta tempo, é, troca entre provas, atrasos, desorganização e outros, logo onde é poupavel poupam! Mas concordo com a Carol, por mais q nunk tenha ido em um evento XP seria legal ter outras pistas ou espaços para os cães e seus donos pudessem treinar e se divertir entre as provas..!

Sara Favinha disse...

Luiza, concordo plenamente com você. Essa é uma questão a muito discutida, e alguns competidores insistem em ser 'teimosos' terminando a pista mesmo quando a pressão é grande para que saiam.

Eu também entendo essa questão do tempo, que é super apertado e as provas costumam terminar tarde da noite, e algumas duplas precisam estar segunda-feira trabalhando, em outro estado. É complicado mesmo.

Porém, se houvesse uma organização melhor dos juízes quanto à montagem das pistas, o tempo ficaria mais folgado. Demora-se MUITO tempo com isso, as vezes quase metade da prova na montagem dos percursos. É um tiro no pé...

Malu disse...

Nossa Luiza! Muito bom post!
Nunca tinha pensado por esse lado... Quer dizer, me perguntei várias vezes por que as pessoas são eliminadas e, as vezes mesmo sem sere mandadas embora da pista, terminam alí e ponto!
Nunca competi, mas me prometi que, sempre que o cachorro que eu estiver competindo for emiminado, eu vou fazer pelo menos mais um obstáculo, e, aí sim termino a pista, como se aquele fosse o último, e que a pista não acabou por que ele errou o obstáculo!

Concordo muuuito com vc!

Lady Violet disse...

Malu, muito bom :)
As vezes as pessoas perdem a perspectiva na hora e quando são eliminada ficam de mau humor e acabam, sem querer, descontando no cão. Exemplo muito bom são alguns no mundial que quando são eliminados se jogam no chão e fazem o maior drama xD
Pra você pode até ter todo o peso de um mundial, pro seu cachorro é só mais uma brincaqueira, temos sempre que tentar lembrar disso :)

Sara, Nem sabia dessa questão da montagem da pista =/
Talvez se houvesse mais gente ajudando, melhorasse essa questão não?