segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Medos

A Léia é um cachorro muito medroso. Os 3 primeiros dias aqui em casa ela passou de baixo do sofá e até uns 6 meses de idade, enquanto ela ainda cabia pelo menos de lado em baixo dele, ela se escondia lá quando vinha visita ou quando passava algum cachorro estranho na rua.
Sabendo disso, desdos 3 meses de idade ela sempre me acompanhou em tudo quanto é lugar. Era a guia da léia em uma mão e um pote de petisco na outra. Mesmo assim, ainda existe uma extensa lista de tudo que ela tem medo.
Cães grandes, cães desconhecidos, cães pretos. Uma vez a Léia surtou total quando viu um dogue alemão filhote, que mais parecia um cavalo. Ela realmente entou em pânico, saiu correndo como nunca vi antes, deu algumas voltar no quintal aonde estavamos (cheio de equipamento de agility) e pulou no colo da pessoa mais próxima, no caso o Pablo, o treinador dela. E acabou o treino aquele dia.
Outra coisa que ela morre de medo é de carrinho de bebê, bicicletas, pessoas barbudas, pessoas de preto, pessoas andando estranho (tipo velhinhas) e, o nemesis dela, cavalos.

Ontem caminhando com ela e com a Bela descobri outra coisa de que ela tem medo e não pude evitar de rir: Cocos empilhados. Passamos perto de um carinho de água de coco e ela já se arrepiou toda, começou a rosnar e queria passar longe. Achei que estivesse com medo do vendedor, mas prestando atenção percebi que era medo dos cocos.

Vai dizer, não são assutadores?
Só você, Léia xD

3 comentários:

Sara Favinha disse...

Luíza, a Ivy também é assim. Mas ela quase não mostra os medos, quem vê diz que não tem esse temperamento.

Algo me diz que os vira-latas têm essa tendência, uma leve dominância exagerada e medo de tudo.

Taz2 (e MDC 4ever) disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Impágavel!!!! COCO!!!!!!!!!!!!!

Lady Violet disse...

Sara, agora que você falou eu tow parando pra reparar e é verdade, muitos outros vira-latas que eu conheco tbm tem medo assim :)